CNE – Que Futuro – 12 e 13 de Novembro de 2017

Encontro de Escuteiros

O Corpo Nacional de Escutas está a promover um encontro de reflexão, que trouxe ao Funchal o presidente do Comité Mundial do Escutismo.

João Armando Gonçalves confessa que a falta de dirigentes adultos, que enquadrem a actividade formativa dos mais jovens, é um problema que se sente à escala global e que ultrapassa as fronteiras da Madeira e de Portugal (Reportagem Helena Correia)

 

Escuteiro na direção do Fórum Europeu da Juventude

Antigo Escuteiro do nosso agrupamento, irmão do nosso dirigente Fabiano Barcelos

Márcio Barcelos

 

TEXTO DA FLOR DE LIS

Márcio Barcelos, atualmente escuteiro na região de Lisboa, foi eleito para a direção do Fórum Europeu da Juventude, na assembleia geral que decorreu na Eslovénia.
Márcio Barcelos durante o trabalho desenvolvido na área de representação externa do CNE teve contacto com diversas associações e particularmente o Conselho Nacional de Juventude. Com este trabalho conheceu melhor a realidade em outros países e a nível europeu.

Mais tarde foi convidado a representar o nível europeu da Organização numa estrutura de trabalho do Fórum sobre Educação Não Formal e no seguimento deste trabalho a WOSM propôs a sua candidatura à direção no novo mandato, uma forma de desenvolver o trabalho feito até aqui.

A nova direção do Fórum Europeu da Juventude é muito jovem e neste momento haverá ainda passagem de testemunho e a divisão de responsabilidades.

Pelo trabalho desenvolvido no Escutismo, Márcio Barcelos deverá ficar a trabalhar nas áreas do voluntariado, a cooperação inter-regional e especialmente para a educação, que é também onde tem desenvolvido mais trabalho dentro do Fórum.

Texto de: Susana Micaela Santos. Fotografia de : Organização do Fórum Europeu da Juventude.